Old Dragon testado e aprovado!

logo Testei por três sessões o Old Dragon usando as aventuras Flagelo Rei e Vermes do Feudo Maldito e irei rapidamente levantar os melhores (e piores) pontos do sistema e das aventuras.

O quê? Não sabe o que é Old Dragon? Pare agora mesmo de ler este post e vá no site deles conferir antes de seguir adiante!
www.olddragon.com.br/

O Sistema:

O sistema, pelo menos para level baixo, está muito bom, não senti falta de nada. O sistema consegue realizar com louvor o que se propõe: um sistema que lembra os primeiros D&D para podermos reaproveitar nosso material de AD&D, D&D etc.

A escolha do sistema de combate remover THAC0 foi ótima, até porque converter qualquer material antigo de THAC0 para BA é teta. Basta de modo grosseiro fazer 20-THAC0.

Legal o uso dos dados que não são o D20 para todas as coisas e não somente para dano. As habilidades terem seus valores usáveis e não apenas os bonus, as tabelas, também. Eu não mudaria nada, o pessoal do Old Dragon está de parabéns!

Vermes do Feudo Maldito

Esta é uma aventura que me faz lembrar aqueles filmes B dos anos 80 que passavam no Sistema Bozo de Televisão. Não, não é ruim, pelo contrário é ótimo!
Esta aventura foi escrita pelo Felipe Leandro e tem um nível de detalhamento incrível. Vale mesmo a pena!
Minha única crítica é que existem lugares onde as referências aparecem em mais de um lugar, então uma informação demora para ser encontrada. Por exemplo achar algo sobre o cemitério, provavelmente você vai procurar em três lugares até encontrar, se for azarado como eu =).

A Caverna do Flagelo-Rei

Esta aventura tem uma idéia muito interessante, mas infelizmente morre na praia. Ela foi escrita pelo autor Gabriel Seixas e a sensação que tive é que faltou um pouco de atenção para criar um material que a aventura merece.

Vamos aos fatos. Minha primeira crítica é quanto a dificuldade dos monstros. Para personagens de 1º nível, suponha 4 personagens. Seus hps irão variar entre 4 a 12, o monstro dá 2d4+6 se usar garras, ou 2d6+1 (média de 7 de vida) se morder. Seu ataque +5 torna praticamente impossível de não matar um personagem em 2 rodadas, e seu hp o possibilita sobreviver pelo menos 3 rodadas o que seria suficiente para matar pelo menos um personagem logo no primeiro encontro.

Mais adiante mais inimigos perigosos, e uma aranha que dá um tipo de veneno que não é detalhado na aventura.

Outro detalhe é a primeira sala da caverna. Uma caverna no meio da montanha e a primeira sala tem quadros e uma estátua??? Qual o motivo disso tudo numa caverna? A aventura não explica.
Também não explica o medalhão caríssimo de 250PO na estátua, com um save or die embutido nele (forte para aventura de 1º nível né?)

Mas, como disse, a idéia é ótima e um mestre atento saberá corrigir a aventura e se divertir com ela, mas deve ser cauteloso ao usá-la para não traumatizar seus jogadores =D.

Conclusão

O OD é fantástico, porém por ser livre os materiais que irão surgir terão diferentes graus de qualidade, o que é esperado e perfeitamente perdoável. Cabe talvez à equipe do OD criar um Rank das aventuras e materiais mais aceitos para que os usuários experimentem com cautela uma ou outra coisa. Mas a iniciativa é ótima e os autores das aventuras devem continuar a criar aventuras cada vez melhores para incentivar nosso hobby. Quem sabe eu não me anime a criar alguma? =D

8 Comments

  1. Posted 26 de janeiro de 2010 at 2:00 | Permalink

    O qUE?!?! TInha um colar de 250gp naquela estátua e Dungo não viu? Que ultraje!
    rsrssrs.

    Quanto ao sistema. Senti falta de saber até onde eu posso ir com as regras. E achei as porcentagens do Rogue baixas demais mesmo pra primeiro level. Po 25% para esconder….o cara num ganha nem da irmãzinha dele em esconde-esconde. Eu prefiro rolar “Stealth” e comparar o resultado com o “Spot” da criatura. Por que senão me esconder de cães farejadores e esconder de um Ogre burro dá na mesma. Tudo bem que é só ajustar alguns modificadores, mas acho trabalho extra desnecessário.

    MAs me diverti bastante mesmo assim. Sou muito mais um sistema rápido e divertido do que perder horas preciosas de jogo discutindo regras na mesa. (Pra isso servem os blogs, né).

    abs

  2. Posted 26 de janeiro de 2010 at 2:01 | Permalink

    Corrigindo…é 20% para me esconder…Se eu testar aqui em casa eu consigo me esconder da Lina em mais ocasiões do que isso…Portanto sou melhor que o Dungo por enquanto…rsrsrs

  3. Posted 26 de janeiro de 2010 at 6:32 | Permalink

    Ou listas de email =)

    3 coisas,

    1º eu tirei o colar e os quadros durante a aventura. Achei que não faria sentido estarem ali, ou no caso do colar um perigo desnecessário que certamente levaria um de vocês à morte (numa aventura de baixo nível).

    2º que o esconder-se nas sombras aqui é quase mágico. Outro detalhe que, se você se escondeu-se nas sombras automaticamente você pode atacar a criatura pelas costas. Ou seja, se tiver como atacar pelas costas e voc? estiver invisível seu dano é dobrado.

    3º se você vai se esconder com um lugar favorável, uma moita por exemplo. Você ganha bônus, essa porcentagem é o que suairmãzinha teria 0%”de chance, ou seja, num lugar onde teria uns 5% você tem 20%.

    Algumas regras que estão faltando é culpa minha, por exemplo: Quando você ataca pelas costas você tem +2, outra coisa que eu esqueci que é eu que jogo o esconder-se nas sombras e não você, assim posso adicionar o bônus e caso você falhe você continua achando que se escondeu.

    Abraços e até a próxima aventura =)

  4. Posted 26 de janeiro de 2010 at 16:35 | Permalink

    Ah pow, o Tchelo é jogador da 4E, ele tinha que sentir falta das regras new school! =P

    Mas sério, falando como o que menos mexe com as regras do OD (portanto não sou tããão suspeito) eu nem acho 25% um valor muito baixo, não me lembro dos ladrões de 1º começar com muito mais que isso quando mestrava AD&D e ficava de boa. O negócio é a simplificação mesmo, e se o valor acabasse mais alto, com o tempo e a progressão ia chegar uma hora em que ele nunca falha.

    Além do que todo mundo é feito de papel no 1º nível né! =P

  5. Seixas
    Posted 8 de fevereiro de 2010 at 20:45 | Permalink

    Cara valeu muto pelas criticas construtivas( ou nem tanto). Foi minha primeira empreitada em escrever para RPG realmente. Os quadros foram algo realmente errado, originalmente a primeira parate ia ser uma ruina, eles devem ter sobrado, pois eu nem tinha percebido.
    A aranha não desrita, é a aranha na parte de monstros do livro básico. E o medalhão ficou para plot para a segunda aventura, mas eu acho que deixei de avisar isso.
    Caso você queria me adicionar no MSN, para você me dar algumas icas ou fazer algumas criticas, gabrielsdisselli@hotmail.com

  6. Posted 9 de fevereiro de 2010 at 8:14 | Permalink

    Realmente o OD é um sistema ágil e lembra minha época de moleque pançudo, que não fazia nada o dia todo e quando fazia era assistir tv, jogar videogame e rpg.

    Ainda sim, a galera lá do BEHOLDER NÃO TEM BUNDA é apaixonado pelo 3.5.
    Tanto que essa semana postamos uma Sidequest para ND1. Quem se interessar acesse http://www.beholder.com.br/post.php?p=31

    Grande abraço.

  7. Posted 9 de fevereiro de 2010 at 20:28 | Permalink

    O Gabriel será um prazer, adicionado =)

  8. PEP
    Posted 4 de abril de 2012 at 20:02 | Permalink

    Pow…filmes dos anos 80 foram a minha inspiração para criar estes vermes! hahaha

    Que bom que alguem jogou e aprovou minha aventura, pois estou voltando à pratica de escrevê-las para publicar na net.

    Vlww negada e bons jogos

Post a Comment

Your email is never shared. Required fields are marked *

*
*