Taulukko na Virada Nerd!

Nosso final de semana nerd começou ainda na sexta, quando nos instalamos no QG Nerd (apê dos amigos @oznek e da @priprestes). Depois de passar a noite de sexta e o começo do sábado jogando Wii, nos abastecemos de lanchinhos, salgadinhos e outras porcarias, grid, dados, miniaturas, fichas e fomos direto para a Praça Roosevelt. Lá, estava instalada a Dimensão Nerd durante a Virada Cultural.

Quando chegamos, a galera dos estandes ainda estava no escuro, esperando o pessoal da Virada chegar com os fios – alguns se viravam com velas. Estava lá boa parte das ótimas atrações do RPG Con: A Taverna de Odin (com trufas de hidromel e um delicioso bolo de maçã que o tio @oznek devorou), o grupo Hednir (perdemos a batalha deles! Mas blz, esperamos encontra-los na RPG Con deste ano!), o pessoal da Ludus e seus ótimos jogos de tabuleiro, Conselho Branco, Comix, entre outros estandes com roupas, armas, apetrechos caprichadíssimos. Ainda bem que não levamos dinheiro, rs, senão ficaria tudo lá.

O pessoal da MegaCorp estava por lá organizando mesas de RPG (com as mesas tiradas do estande, de pé – veja o motivo mais abaixo) e divulgando o workshop de RPG que eles oferecem há 10 anos (!!) lá no Centro Cultural São Paulo. Descobrimos também que o CCSP tem um espaço reservado especialmente para o pessoal do RPG. Show de bola, não?

Fãs de Crepúsculo, Harry Potter, Trekkers, toda a graça da turma SteamPunk… Nerd é um grupo que aceita mesmo várias tribos!

Conhecemos pessoalmente o Jaime, que estava lá cuidando da D3 Store. E, dali, avistamos o D3 correndo de um lado para o outro para anunciar as atividades da Praça e manter os pratos rodando. Ele botou tudo aquilo para acontecer em 21 dias. Para quem colocou o RPG Con de pé também em um prazo apertadíssimo, não esperávamos menos. Estava tudo lotado! Segundo o D3, segundo a Polícia, foram 5 mil pessoas no total! E ele lá lidando com os contratempos, que não foram poucos – atividades que atrasam, outros que cancelam. Isso sem falar da falta das mesas de RPG. Como a prefeitura não entregou as mesas prometidas, o D3 precisou ele mesmo alugar as benditas. Uma pena para nós, que ficamos sem jogar RPG no evento. Espero que tenha dado tempo da galera do domingo aproveitar a jogatina – o D3 nos contou que colocou mesas dentro de alguns estandes que não tiveram atividade no dia.

Sem mesa de RPG, tivemos que visitar o resto do evento com um marido-nerd razoavelmente mal humorado. 🙁

Na parte de cima da Praça, a banda J-Squad passava o som enquanto aguardava os vocalistas da banda, que estavam chegando com a Parada Cosplay. Os fantasiados vinham caminhando lá da Praça João Mendes e logo chegariam. Jack Sparrow, Harry Potter, Batman, Naruto marcaram presença. E muitos outros que não reconheci… Mais tarde, vimos um cosplay super especial, que infelizmente não reconheci. Quem souber, por favor, nos conte. Era um cara vestido todo de preto, com asas enormes pretas que se desfaziam, uma mega espada, botas altas. Me lembrou um Shinigami de Death Note, mas não era. Ele andava de um lado para o outro da Praça em passos apressados e firmes. Parava e olhava para as pessoas com um olhar de vilão foda. Esperava algumas fotos e seguia. Muito bom!

Lá embaixo, na caverna do Batman, em túneis escondidos e não sinalizados, estavam escondidas a turma da oficina Meliés (que também estava no RPG Con) e outra turma que faz réplicas, a Hard Replic – bazucas, máscaras e o martelo de Thor estavam lá em exposição. Nas paredes, uma exposição com fotos do estilo japa. Ao fundo, um telão – imagino que as sessões de ficção científica tenham acontecido ali.

Quando subimos, a Praça estava tomada por um tumulto. Era a comitiva dos fãs de Star Wars chegando – eles também vieram caminhando, lá do Anhangabaú. Imagino o que foi aquela turma com sabres de luz andando pelo centro da cidade arrebanhando os curiosos. Era muita gente atrás deles! No palco onde a banda J-Squad tocava J-rock (finalizando com a trilha de Naruto, cantada pela galera em peso), tudo parou para anunciar a chegada dos estelares. Enquanto olhávamos a passagem da comitiva, um stormtrooper fixou a atenção na @priprestes e veio em sua direção! Sorte que não era como no World RPG Fest, onde eles estavam prendendo as pessoas! haha Finalizado o show, a noite avançando, o palco precisava ser desmontado. A batalha de sabres de luz seria lá embaixo! Toca galera correr lá para baixo de novo, acompanhando a estrela, Darth Vader. Roda de fãs à sua volta gritavam “Vader! Vader!”. Alguns corajosos ousaram arriscar uma batalha. “Enforca! Mata!”. Um menino chegou lá na frente e dedurou um grupo de marmanjos: “Darth Vader!! Darth Vader!! Ele te chamou de gordo!”. Usando a “força”, o vilão de Star Wars enforcou o marmanjo e o dominou até a “morte” para delírio da platéia. rs Foi muito legal ver o tantão de nerdinhos que conhecem Star Wars, sabem os personagens e a história de cor, ali no meio curtindo tudo junto com os “adultos” rs. Entretidos lá no canto por Vader, acabamos perdendo o lugar bom de ver a batalha de sabres de luz. A tia @priprestes foi quem conseguiu acompanhar um pouco lá nos ombros do tio @oznek e disse que foi muito bom!

Já um tanto cansados (marido-nerd sem RPG e no meio da multidão é algo que não se vê todos os dias. Para ele, já tinha sido too much…), seguimos andando para o metrô na Praça da República, procurando ainda uma das 10 barracas de pastel de feira que estariam na Virada. Não encontramos :(. Fizemos ainda uma paradinha na Casa das Rosas e seguimos de volta para mais uma sessão de Wii no QG Nerd.

Não aproveitamos tudo o que podíamos, mas mesmo assim o evento foi muito bom. Imagino que tenha rolado muita coisa bacana ainda no domingo. Legal demais ver, na segunda, como vários veículos de comunicação deram destaque para os nerds esquisitos convivendo na Praça Roosevelt em perfeita harmonia. Isso pode significar que temos tudo para ter um Dimensão Nerd ainda mais caprichado no próximo ano (Né, D3?!!). Estamos torcendo!

Todas as fotos deste post são do tio @oznek. Tem mais lá no álbum dele no Picasa, vai lá!

One Trackback

  1. By Nós fomos na Virada! | Casal 10 on 24 de maio de 2010 at 12:30

    […] nós fomos! Não contamos nada aqui porque está tudo lá no blog do Taulukko. […]

Post a Comment

Your email is never shared. Required fields are marked *

*
*