Propaganda da WoC agrada ou incomoda?

O novo vídeo da WoC agradou tanto quanto incomodou. Pelos mais diversos motivos o vídeo tem sido tanto elogiado quanto criticado, qual sua opinião?

A minha é de que ao menos a WoC está preocupada em atender também o público que ficou para trás com o lançamento da 4ª Edição. Se está conseguindo ou piorando a situação é outro assunto, veja você mesmo o vídeo abaixo e tire suas conclusões:

Dica do Paragons.

6 Comments

  1. Posted 6 de outubro de 2010 at 9:31 | Permalink

    É a wizards visando a fatia oldschool do mercado. O estilo está pulp e picaresco ao invés de brilhante e com toques de mangá a lá MMORPG, como é de maneira geral a arte da 4º. O hard rock/ metal também é um tipo de música que o pessoal que curtia as edições antigas também escutava. Essa propaganda definitivamente não visa o público fiel atual do D&D 4º, mas sim atrair a turma “das antigas” que critica o estilo/estética do novo D&D e que, ainda assim, se interessa pelo jogo tático, de exploração aventureira em masmorras. Certamente alguns jogadores mais novos: criados na base do J-Pop, Naruto, RPGs eletrônicos com elfas de cabelo azul, leitinho com pera e “ovomaltino” na geladeira, devem ter achado por demais tosca essa propaganda…

  2. Posted 6 de outubro de 2010 at 9:53 | Permalink

    O vídeo é totalmente Old School, tem o visual das antigas edições. Aí você pega os livros da 4E ou o essentials e tem um visual completamente diferente. Fiquei com o pé atrás quanto a esse vídeo, acho que vende uma coisa, mas o produto final é outro.

  3. Aurélio Dantas
    Posted 6 de outubro de 2010 at 11:26 | Permalink

    Discordo do comentário do nosso colega Clérigo e tenho um ponto de vista diferente, acho que a idéia de usar um visual Old School é porque a Red Box, que é o produto que está sendo anunciado, é Old School e a proposta do produto é chamar jogadores Old School a experimentarem o novo D&D, nada mais lógico do que um comercial como esse para atrair esse tipo de público.

  4. Posted 6 de outubro de 2010 at 14:13 | Permalink

    Eu não vejo a hora da fase “old school” da Wizards acabar. Deixemos isso para os retroclones de D&D.

    Quero ideias novas e não um apelo nostálgico e simplificações de regra. Gosto do jogo como ele é atualmente.

    Porém, admito que algumas mudanças da linha Essentials são boas…

    Pretendo comprar o Rules Compendium e todos as linhas de tiles do Essentials.

    Pq eles fazem tudo mais bonitinho para iniciantes??! FUuuuuuuuuuuuuuuuuuu

  5. Diego
    Posted 10 de novembro de 2010 at 12:43 | Permalink

    Bem, eu não sou necessariamente “old school”. Tenho saudades dos bons tempos em que jogava a segunda edição de D&D (ou mesmo o First Quest), mas não das regras em si.

    Sou adepto da constante inovação, mas também sou adepto do “isso tem que fazer sentido”. Eu pulei de cabeça na terceira edição, achei o máximo. Esperei a Quarta Edição com entusiasmo, esperando fazer um “up” da minha campanha de Forgotten. Todo mundo esperando, fazendo planos com os personagens e talz.

    Então, eu pego o Livro do Jogador pra ler em inglês e no final surge um pensamento que resume minha crítica: What a fuck?

    Tipo, não sou contra a Quarta Edição porque é “novo”. Eu amo coisas novas. Ela simplesmente não serve para mim e para a minha mesa. É, tipo assim… sei lá, não quero ofender ninguém, é questão de gosto…mas me pareceu “noob” demais… balanceadinho, ok, mas me lembrou os piores momentos dos RPGs online, com molecadinha de 12 anos conjecturando besteiras no chat…

    Se fosse para continuar no D&D (eu não mestro mais o sistema, mas o outro mestre do grupo sim) usaria 3.5.

  6. Posted 11 de novembro de 2010 at 10:30 | Permalink

    Até eu me lembro das longas discussões entre você e o Gan quando chegou a 3.5. Bem sei que o problema não é a novidade em si. 🙂
    E aí, quando que você vai mestrar alguma coisa online p/ gente?

Post a Comment

Your email is never shared. Required fields are marked *

*
*