Como foi o 1o RPGCON!

Há 64 dias atrás foi anunciado, não de forma oficial, que o Encontro Internacional de RPG (EIRPG) promovido pela Devir havia sido cancelado. A comunidade de RPG se sentiu órfã, desolada. Para muitos, a tradição de ir para São Paulo e rever amigos que compartilham do mesmo passatempo havia sido quebrada. Então o D3 da D3System , que chegou a trabalhar na Devir,  se comprometeu, em uma lista sobre blogs de RPG, a realizar um segundo Encontro de Blogs de RPG (evento que ocorreu dentro do último EIRPG). Então a Janaína do grupo Céos propôs, junto com o D3, de fazer uma coisa maior, uma convenção de RPG. Wallace da Caravana Surreal RPG estava no mesmo caminho. Há 10 anos que ele trazia jogadores de RPG do Rio para São Paulo nos EIRPGs e desta vez ele pretendia, para não perder a tradição, reunir o pessoal carioca para um encontro estadual, quando ele soube dos esforços do D3 e da Janaína e somou esforços.

Um evento deste porte leva aproximadamente seis meses para ser montado e tem um altíssimo custo. Graças aos três, em pouco mais de dois meses eles fizeram acontecer. A opinião do Mr POP, Shingo e Ooze, do Paragons, é de que foi o melhor evento de RPG de todos os tempos. Esta também é a opinião da maior parte das pessoas que eu questionei sobre o assunto. Abaixo um resumo das qualidades e defeitos deste 1o RPGCON em comparação com os demais eventos de RPG dos anos anteriores.

Programação:

Talvez o que tornou o evento único foi que, pela primeira vez, um dia foi pouco para ver e fazer tudo que estava na programação. Muitos ficaram divididos entre uma coisa e outra tamanha era a variedade de atividades. Faltaram algumas empresas, mas numa conversa com o D3 foi explicado que raramente alguma instituição coloca na agenda um evento deste porte se não é avisado pelo menos com seis meses de antecedência, portanto totalmente desculpado.

Cosplay:

dsc07393Visto que muitos RPGistas gostam de se fantasiar e praticar cosplay durante o evento, o RPGCON deu especial atenção aos praticantes tendo até um concurso e desfile nos dois dias. O vencedor de domingo foi o Draco, que você confere ali embaixo no vídeo do grupo Morlock. No blog Aldetoron, dá para conferir um pouco sobre como essa atenção especial do RPG Con fez diferença para eles. De quebra, você descobre também o passo a passo de como foi feita a cabeça do Draconato. Vai lá. Mas volta, que tem mais.

Associações e Comunidades:

Diferente dos demais encontros, associações e comunidades não foram tratados como lojas. Desse modo acredito que tiveram um preço diferenciado e puderam ter um espaço mais vantajoso possibilitando a organização de workshops, palestras e outras coisas que permitiram uma gama maior ainda de atrações. Os boxes ficaram então destinados unicamente para as lojas.

Feira de Jogos Independentes

Não deu tempo de ver tudo, mas conseguimos bater um papinho com o Marcelo do TagmarII, que completa 5 anos e pode ser baixado gratuitamente na internet. Os autores se juntaram para tornar isso possível, bora prestigiar!

Encontro de Blogs:

iiebrpgPara quem tem blog o RPGCON disponibilizou uma sala com energia elétrica e wireless que permitia fazer a cobertura do evento, discutir melhorias nos blogs, se apresentarem e outras coisas. O local dos blogs era bem afastado, o que proporcionava silêncio para se concentrar nos artigos e twitters. Porém faltou organização dos próprios blogueiros, e não do evento, para decidir o que fazer em cada momento. Agora, se quiser forçar um pouco a barra, talvez a única coisa que poderia ser melhorada no próximo RPGCON seria marcar uma hora em cada dia para a reunião dos participantes (que de preferência não colidisse com nenhuma palestra) e um quadro e canetas pilots para escrever a programação de debates. Então ficam as críticas maiores para a comunidade blogueira que não organizou melhor a programação. Isso foi explicado principalmente pela qualidade do evento. Ninguém queria perder as outras atrações!

Ainda assim, lá pelo começo da tarde de sábado, deu para reunir uma turminha boa por lá. Nos apresentamos e conhecemos a turma do Tomo4e, .20, Ambrosia, Gilvan Gouvea e provavelmente mais gente de que estamos esquecendo os nomes. De quebra, conferimos em primeira mão a aventura “O Cálice de Avandra”, criada pela Iniciativa 4e Aprimorada. É a primeira aventura brasileira para quarta edição. Com uma diagramação caprichadíssima (a capa dá para ver aqui), com mapas do Ataualpa “Morallatos”, foi tudo produzido a toque de caixa por uma turminha dos blogs D3System, Tomo 4E, DadoMestre, Paragons, Rolando 20, Aldetoron, NitroDungeon e RedNinjaPress. D3 prometeu que o PDF vai estar lá no site deles.

Teve também a divulgação do novíssimo Imaginauta, que inaugura em novembro trazendo o Guia do Jogador para Dark Sun. O Capítulo 1 a gente recebeu lá no encontro! Em novembro saem também as cartas de Magic X-Men. Serão 450 cartas, 3 sets completos, com todos os personagens do universo X-Men. No site, eles vão divulgar projetos como esses, e tudo mais relacionado a RPG, Jogos de Tabuleiro, Livros-jogo e card games. Bah, que novembro ainda tá longe!

Local:

O evento ocorreu no Colégio Notre Dame que, diferente dos anos anteriores, não era plano e sim labiríntico, o que sinceramente achei bem interessante e divertido. O lugar em si era facilmente comparado com uma masmorra e eu até cheguei a brincar que era como “explorar uma masmorra”, com direito a encontros aleatórios pelos corredores e até um ou outro ataque de oportunidade. Num desses encontros, conhecemos o Valberto, figuraça do Lote do Betão, o casal RPG Online, o Tiago Moreira, da Área RPG, o Talude do RPG News, visualizamos o Tsu e provavelmente mais gente que não guardamos o nome. O endereço do colégio, Rua Alegrete, era próximo ao metrô Sumaré e de fácil localização – e mesmo assim a organização ainda fez uma fotos do caminho para os perdidos.

Informações aos visitantes:

Talvez o maior pecado do evento, e também facilmente explicado pela falta de tempo, foi a falta de informações para os visitantes. Faltou para quem entrava uma grade de horários com as programações tanto do RPGCon como das Associações. Também faltou um mapa para exploarar a masmorra (quadriculado? hexagonal?!), onde contivesse todos os locais, salas e boxes disponíveis. Para atrapalhar, no primeiro dia as placas eram raras e faziam muitos ficarem perdidos por até meia hora até achar o que queriam.

Luderia:

Colocar uma filial da Ludus foi um golpe de mestre dos organizadores. Funcionou muito bem e casou com o evento como uma luva, estão de parabéns pela idéia. A Ludos acabou também divulgando seu trabalho e em um dos dias até fomos à Matriz para conhecer e comer seus deliciosos lanches com a turma do Rolando 20, Paragons (com sra. Watanabe), Mamangava e o incrível casal Nitro e Érika.argila

Esculturas em argila:

Outra atração que descobri apenas no final do segundo dia foi a oficina Meliés com suas estátuas em argila. Pena que o nome e as placas não foram suficientes para esclarecer o que teria lá, senão teria ido antes e indicado para mais pessoas. As esculturas são detalhadíssimas. Em julho, vai ter animação deles lá no Anima Mundi.

Dança Thriller do Michael Jackson:

Antes mesmo da morte do cantor já estava na grade de programação, por culpa do Cobbi, um ensaio e execução da dança Thriller. Foi extremamente divertido encerrar o evento com o pessoal ensaiando e dançando este clássico dos anos 80. Confira:

Teatro do Caverna do Dragão:

Outra atração foi o teatro com uma peça que satirizava o desenho animado dos anos 80 Caverna do Dragão. A peça foi idealizada pela Cosplay4Fun e arrancou muitas risadas no público, que lotou o salão. Ponto alto: personagens atacando o Vingador com uma clássica bazuca à lá Changeman (ai, que velhos estamos. Power Rangers?).

Palestras:

Todas as palestras estavam muito boas. Talvez tenham realmente feito falta palestras não associadas diretamente ao RPG, como citou o Rinaldo na Mesa de Vidro. Palestras como autores de livros ou outras coisas que têm ligação com o RPG mas não de forma direta. Mas parece que elas aconteceram nas salas no alto da dungeon, a gente que não achou. De qualquer forma é nota 10 para a grade. Vimos um trechinho da Oficina de Monstros da 4E do Anand, do Rolando 20. Vimos a palestra com o CF, do Covil, e com o Rocha, do Área Cinza, sobre licensas das edições 3.X e 4.X do D&D, que estava excelente. Não pudemos participar de toda a Palestra com o trio Tormenta mas ela estava muito boa, e pude desta forma acompanhar um pouco o trabalho do trio de forma engraçada e divertida. Outra que infelizmente vi pouco mas gostei foi o Novo e Antigo Mundo das Trevas com Fabio Sonner e Vasco Sagramor. E a palestra das editoras, onde infelizmente peguei apenas o final com a Devir, em que pudemos ter uma referência do atual mercado de RPG no Brasil com seus preconceitos e falta de incentivo. Não pude ver todas as palestras de que gostaria, mas as que vi parte ou inteiras estavam realmente muito interessantes.

Grupo Morlock

Uma inesperada surpresa foi a apresetação do grupo Morlock, na íntegra abaixo:

Vikings:

Não sabíamos o nome do grupo, mas a Lau Muniz soprou no Twitter: “Hednir“. Bota no orkut ou no google. Fato que eles fizeram um verdadeiro espetáculo de demonstração. Alguns deles com seus quase dois metros de altura dariam medo em qualquer encontro aleatório. Aliás, deram. Quando topamos com eles na dungeon, ligamos nosso move silent e passamos desapercebidos. Ufa!
bejrpg_social

Bom é jogar RPG

feira3
A campanha BEJRPG marcou presença no evento com entrevistas ótimas que incluíam o divertido Saladino do trio Trevas, o JM do RPG Online e acreditem! Até eu e a Má fomos pegos para uma entrevista rápida com o simpático Vinícios Machado da campanha BEJRPG.

Feira Medieval

Talvez a melhfeira4or atração de todas foi a Feira Medieval. Não sei como não houve a feira nos anos anteriores, foi tão interessante que era extremamente difícil entrar na sala da Feira pois sempre estava lotada.

Taverneiro da Feira Medieval, vai encarar?

NPC da Feira Medieval, vai encarar?

Lá era possível encontrar escudos de madeira e de metal. Machados de batalha e machadinhas. Maças e obviamente várias e várias espadas. Cota de malha, elmos dos mais variados. Varinhas mágicas para todos os tipos de magos e bruxos, sacos para componentes de magia peças de ouro.
Agora se o que você queria era comida e bebida poderia comprar algo na taverna. Aliás o taverneiro era fantasticamente tirado de um livro de fantasia, tanto que e em dado momento – como nos contou o Shingo – ele gritou com todos “tratem de pedir para ela os doces! Não me importunem!” e não duvidamos que ele não tivesse um porrete em baixo do balcão para acalmar os baderneiros. Não faltou nada, talvez tenha faltado apenas ele cuspir no copo para limpá-lo.feira21

Se quiser forçar a barra a única coisa que poderia melhorar era ter mais espaço pois ficou claro que a feira medieval foi um sucesso!

Mesa de Vidro

Para complentar, o trio responsável pelo evento (Janaína,D3 e Wallace ) fizeram uma mesa de vidro para ouvir as críticas sobre o 1o RPGCON. O público não conseguiu fazer uma crítica sem antes fazer vários elogios e, tirando a Janaína, o Wallace e o D3 estavam com escudos abaixados e ouviram tranqüilamente as críticas, a maioria obviamente pelo pouco tempo de preparação do evento. A mesa de vidro foi uma ótima idéia pois mostrou o quanto eles são maduros, inclusive esperando ouvir as reclamações para poderem saber o que melhorar em eventos futuros. Palmas para os três.
Infelizmente ocorreu um momento desagradável quando a Janaína expôs sua opinião pessoal, a qual o D3 e Wallace deixaram claros de que não era a do RPGCON, em relação aos Otakus, por eles não estarem no evento. Foi um momento desagradável parte por conta do preconceito, parte por conta que alguns membros da platéia eram Otakus, motivo que levou a Janaína a tentar rever a situação tentando afirmar que eles não eram Otakus mas a situação ficou apenas pior. Deslize à parte, ela foi notoriamente uma parte elementar para o sucesso do evento, uma vez que ela teve a idéia fantástica de conseguir aquele lugar maravilhoso, espaçoso e cheio de labirintos e nada que ela pudesse falar num momento de cansaço e estresse poderia denegrir o maravilhoso trabalho que ela prestou.
PS: A Janaína posteriormente colocou no blog dela uma resposta completa ao acontecimento. Apesar de eu ainda não concordar (pois muitos fãs de animes chamados de otakus não são desta maneira) é de se entender que ela estava se referindo a um tipo específico de fãs de animes que realmente causa certo constrangimento aos organizadores, além de causar problemas as vezes maiores. Na íntegra no blog dela.

Outros detalhes soltos e sugestões:

Houve inúmeras outras atrações que simplesmente não deu tempo de ver, então deixo no final desse artigo alguns links para verem a visão de outros visitantes.
A apresentadora Hera Venenosa jogou o encanto para todos na platéia e não teve um que não foi seduzido, sugiro na próxima vez trocarem a vilã por um personagem de tendência boa.
Fora o que foi comentado, faltou talvez o arco e flecha e batalha campal, presentes nos EIRPG anteriores, e apresentações (e também exposição de armas) de escolas de arte-marcial que seria uma atração bem vinda para os rpgistas.

E também não podemos deixar de contar que esse evento nos proporcionou a chance de abrigarmos duas figuraças aqui em casa, entre as caixas de nossa mudança de casa. O o Rey “Ooze” e Mr. Pop. Sim, ele veio! A rifa não vendeu toda, mas o pessoal trouxe o Pop mesmo assim e sorteou o mega-boga kit de livros. O sortudo foi o Tarmann!). Nem sabemos como agradecer aos dois por terem nos bancado aí nesses dias de pizza da 1900, lanche do BurDog, feira nos dois dias, estacionamento… Valeu mesmo!

PS: Vimos em primeira mão o Old Dragon, projeto desenvolvido em muitas mãos e trazido pelo Mr Pop.  Se alguém quiser roubar o projeto, eu tenho aqui a cópia exclusiva e não lançada, basta oferecer algum valor de 5 dígitos que começaremos a negociação ^^

Conclusão:

No final da mesa de vidro ficou bem claro que haverá um segundo RPGCON, provavelmente não em julho pois o EIRPG deve voltar ano que vem reformulado, mas sim em outubro. Provando que mais uma vez é melhor unir que dividir, agora o público de RPG vai provavelmente desfrutar de dois mega-eventos anuais em sampa em vez de um.

O trio RPGCON conseguiu o que queria. Preencheram o espaço vazio que ficaria em julho na vida dos RPGistas com um novo conceito de evento. O evento foi tudo isso aí em cima e muito mais coisas que não conseguimos acompanhar.

Parabéns Wallace, Janaína e D3, vocês são heróis!

Outras opiniões:

Relato do 1o RPGCON por Rocha no Área Cinza
1º Dia da RPGCON pelo dot 20
Palestra das editoras pelo dot 20
Palestra das Editoras pelo news rpg
Análise do RPGCON pelo Rede Ninja Press
Mesa de vidro em Paragons
Impressões da RPGCON pelo rolando 20
RPGCON pelo Fale RPG
Fotos do evento feitas pelo BEJRPG

Observação: A maior parte das imagens foram cedidas pelo bejrpg.

11 Comments

  1. Posted 6 de julho de 2009 at 23:42 | Permalink

    Muito obrigado a vocês pela carona até a Luderia! Foi a melhor coisa da viagem aquela nossa saída, doidimais! Temos que combinar de fazer isso mais vezes e vocês TEM que vir aqui em BH algum dia desses! 🙂

    Adorei o artigo, é o mais completo que li até agora! Doidimais dez veiz! 🙂

    Um abraço do Tio!

  2. Posted 7 de julho de 2009 at 0:18 | Permalink

    Muito bom artigo!! conseguiu sintetisar o RPGcon sem ser desgastante!!!

    PReciso nem repetir que adoramos a companhia do Casal 10, certo?

    Abraços

  3. Posted 7 de julho de 2009 at 8:21 | Permalink

    Peraí 5 dígitos pelo old dragon?

    Olha, eu vendo por quatro dígitos se o primeiro for um nove!

    heheheh

    Eu é que agradeço demais a hospitalidade de vocês! Valeu mesmo!

  4. Posted 7 de julho de 2009 at 8:26 | Permalink

    Muito massa encontrar com todo mundo mesmo. Já estou pronto para a próxima!!

  5. Posted 7 de julho de 2009 at 9:26 | Permalink

    Há, finalmente conheci vcs pessoalmente!
    O grupo Morlocks agradece a atenção (e os links)!

  6. Posted 7 de julho de 2009 at 10:30 | Permalink

    E eu perdi o 1º RPG Con! %#@$@ Mas o próximo eu estarei presente. Parabéns pelo excelente tópico sobre os acontecimentos do evento.

  7. Posted 7 de julho de 2009 at 10:33 | Permalink

    Com certeza encontrar toda a galera dos blogs foi o melhor. Valeu pelo apoio a iniciativa, pessoal =)

  8. Posted 7 de julho de 2009 at 12:51 | Permalink

    O evento tava muito bom mesmo. Pena que não conheci vcs 🙁
    Todas as vezes q passei pela sala dos blogs ela estava vazia, mas reencontrei várias pessoas do ano passado perambulando pelo evento.

  9. Posted 7 de julho de 2009 at 13:16 | Permalink

    PS: A Janaína posteriormente colocou no blog dela uma resposta completa ao acontecimento. Apesar de eu ainda não concordar (pois muitos fãs de animes chamados de otakus não são desta maneira) é de se entender que ela estava se referindo a um tipo específico de fãs de animes que realmente causa certo constrangimento aos organizadores, além de causar problemas as vezes maiores. Na íntegra no blog dela.

  10. Posted 7 de julho de 2009 at 18:28 | Permalink

    Olá, sou a coordenadora do Cosplay4Fun e ficamos estremamente satisfeitos em apresentar no RPGCon, o evento foi muito bem organizado, o público era brilhante, pegaram todas as piadas que fizemos, foi realmente muito gostoso apresentar nesse evento!
    Já temos quase 3 anos e nosso maior público sao os de eventos de animação japonesa, mas os rpgistas nos receberam muito bem. Agradecemos à todos e parabenizamos todos os envolvidos por realizar um evento muito gostoso.

  11. Posted 7 de julho de 2009 at 19:12 | Permalink

    Nós que agradecemos! A peça foi um dos pontos altos do evento! 🙂

5 Trackbacks

  1. By RPG Con!! | Casal 10 on 6 de julho de 2009 at 23:20

    […] começar, leia lá no Taulukko sobre o RPGCon, que foi um sucesso. Dali, tem uma série de links para o mundo de informações sobre o hobby na […]

  2. By Links sobre o RPGcon » DADOS LIMPOS RPG on 7 de julho de 2009 at 14:21

    […] Como foi o 1o RPGCON! […]

  3. […] vários posts de diversos blogs de RPG, que coloquei no final desse post (control-copiado do Taulukko! ). Nesse post vou colocar apenas o meu diário, pois como mestrei em grande parte do evento, minha […]

  4. […] Cobertura Mega-Mass do Taulukko […]

  5. By World RPG Fest e outras notícias | Taulukko on 26 de abril de 2010 at 19:12

    […] uma rede social brasileira para rpgistas. Os caras lançaram a rede e a campanha em julho de 2009, lá na RPGCon (antes da rede da Wizards, hein?)  com trilha sonora oficial, mini-estúdio lá no evento, […]

Post a Comment

Your email is never shared. Required fields are marked *

*
*