Ministério da Justiça contrata estagiário para cuidar da censura dos livros de RPG

Ministério da Justiça contrata estagiário para cuidar da censura dos livros de RPG

Não sei se é para rir ou para chorar. Mas o Ministério da Justiça está contratando um estagiário, entre os requisitos ele pede que tenha conhecimento em jogos de RPG. Resumindo, uma pessoa não formada para classicar o seu jogo de RPG (livros e outras midias como games) um cego cuidando de outro.

Não desmerecendo o trabalho de quem irá ocupar o cargo. Porém uma função que freia (ou mata?) uma indústria de games com censuras muitas vezes esdrúxulas, eu acredito sinceramente que merecia uma pessoa mais estudada, formada e de preferência não apenas com conhecimentos em jogos mas em artes, e outras coisas.

Resultado temos um freio no MJ que maltrata as editoras e distribuidoras de jogos, reduzindo o número de empregos e também o de produtos para os consumidores sempre ávidos. Fazendo eles importarem de fora com bem menos restrições os produtos que poderiam vir para cá.

E quando falo desse assunto nunca consigo tirar da cabeça o fato do CS ter sido proibido por conta de um módulo feito por fã, coisas assim poderiam ser evitadas se houvesse mais cabeça dentro daqueles prédios. Por conta de uma economia burra eles fazem muita gente perder dinheiro, tempo e por que não? Vagas de trabalho. Fica então o desabafo…

Fonte:

Gizmodo

Sobre CS:

Jogos UOL
Nota da E.A. Sobre o engano do módulo do CS
Meio Bit,

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.