Old Dragon testado e aprovado!

Old Dragon testado e aprovado!

logo Testei por três sessões o Old Dragon usando as aventuras Flagelo Rei e Vermes do Feudo Maldito e irei rapidamente levantar os melhores (e piores) pontos do sistema e das aventuras.

O quê? Não sabe o que é Old Dragon? Pare agora mesmo de ler este post e vá no site deles conferir antes de seguir adiante!
www.olddragon.com.br/

O Sistema:

O sistema, pelo menos para level baixo, está muito bom, não senti falta de nada. O sistema consegue realizar com louvor o que se propõe: um sistema que lembra os primeiros D&D para podermos reaproveitar nosso material de AD&D, D&D etc.

A escolha do sistema de combate remover THAC0 foi ótima, até porque converter qualquer material antigo de THAC0 para BA é teta. Basta de modo grosseiro fazer 20-THAC0.

Legal o uso dos dados que não são o D20 para todas as coisas e não somente para dano. As habilidades terem seus valores usáveis e não apenas os bonus, as tabelas, também. Eu não mudaria nada, o pessoal do Old Dragon está de parabéns!

Vermes do Feudo Maldito

Esta é uma aventura que me faz lembrar aqueles filmes B dos anos 80 que passavam no Sistema Bozo de Televisão. Não, não é ruim, pelo contrário é ótimo!
Esta aventura foi escrita pelo Felipe Leandro e tem um nível de detalhamento incrível. Vale mesmo a pena!
Minha única crítica é que existem lugares onde as referências aparecem em mais de um lugar, então uma informação demora para ser encontrada. Por exemplo achar algo sobre o cemitério, provavelmente você vai procurar em três lugares até encontrar, se for azarado como eu =).

A Caverna do Flagelo-Rei

Esta aventura tem uma idéia muito interessante, mas infelizmente morre na praia. Ela foi escrita pelo autor Gabriel Seixas e a sensação que tive é que faltou um pouco de atenção para criar um material que a aventura merece.

Vamos aos fatos. Minha primeira crítica é quanto a dificuldade dos monstros. Para personagens de 1º nível, suponha 4 personagens. Seus hps irão variar entre 4 a 12, o monstro dá 2d4+6 se usar garras, ou 2d6+1 (média de 7 de vida) se morder. Seu ataque +5 torna praticamente impossível de não matar um personagem em 2 rodadas, e seu hp o possibilita sobreviver pelo menos 3 rodadas o que seria suficiente para matar pelo menos um personagem logo no primeiro encontro.

Mais adiante mais inimigos perigosos, e uma aranha que dá um tipo de veneno que não é detalhado na aventura.

Outro detalhe é a primeira sala da caverna. Uma caverna no meio da montanha e a primeira sala tem quadros e uma estátua??? Qual o motivo disso tudo numa caverna? A aventura não explica.
Também não explica o medalhão caríssimo de 250PO na estátua, com um save or die embutido nele (forte para aventura de 1º nível né?)

Mas, como disse, a idéia é ótima e um mestre atento saberá corrigir a aventura e se divertir com ela, mas deve ser cauteloso ao usá-la para não traumatizar seus jogadores =D.

Conclusão

O OD é fantástico, porém por ser livre os materiais que irão surgir terão diferentes graus de qualidade, o que é esperado e perfeitamente perdoável. Cabe talvez à equipe do OD criar um Rank das aventuras e materiais mais aceitos para que os usuários experimentem com cautela uma ou outra coisa. Mas a iniciativa é ótima e os autores das aventuras devem continuar a criar aventuras cada vez melhores para incentivar nosso hobby. Quem sabe eu não me anime a criar alguma? =D